Painel da OMC vai analisar queixa dos Estados Unidos contra China
BR

23 outubro 2012

Anúncio foi feito nesta terça-feira, em Genebra, sede da agência; país asiático é acusado de medidas antidumping e direitos compensatórios sobre a indústria americana de automóveis. 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial do Comércio, OMC, informou que um painel da instituição irá examinar queixas do Governo americano contra a China.

O painel foi formado nesta terça-feira e deverá conferir acusações dos Estados Unidos de que a China estaria praticando medidas antidumping e de direitos compensatórios sobre a indústria automobilística americana.

Negociações

Os americanos justificaram a reclamação afirmando que a China “aparenta ter deficiências importantes” no caso, além de ter quebrado várias obrigações contidas no Acordo Geral de Tarifas e Comércio, de 1994. A queixa dos Estados Unidos também cita quebras contratuais nos Acordos Antidumping e de Subsídios.

O Governo Chinês respondeu à queixa dizendo “lamentar” que o caso tenha chegado ao painel da OMC, uma vez que Pequim esperava resolver o assunto “em nível das negociações bilaterais”.

Os chineses afirmaram que as importações em questão foram “despejadas no mercado do país e subsidiadas pelos Estados Unidos”, o que teria prejudicado a indústria doméstica da China.

O país asiático disse ainda, em sua defesa, que atuou de maneira coerente com as obrigações da OMC. Vários países solicitaram o status de “terceira parte” na disputa incluindo Japão, Turquia, Coreia do Sul e Colômbia, entre outros.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud