Unodc quer combater o uso da internet por terroristas
BR

23 outubro 2012

Escritório lança guia para que países investiguem esses casos de maneira mais efetiva; rede é utilizada para recrutar pessoas para atos violentos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 O Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, lançou um guia sobre investigação e julgamento de atos terroristas que envolvam o uso da internet. A publicação, lançada nesta segunda-feira em Viena, é a primeira do gênero.

Segundo o Unodc, “grupos terroristas usam a internet para recrutar, financiar, fazer propaganda, treinar e incitar pessoas” para que cometam atos violentos. A rede online também é usada parar disseminar informações para fins terroristas.

Casos

A agência da ONU lembra que a internet, onde não há fronteiras, aumenta o impacto nas vítimas. O guia traz exemplos de casos legais e demonstra as dificuldades dos Estados-membros do Unodc em criminalizar e julgar esses atos.

Segundo o escritório, a publicação ressalta a necessidade de maior cooperação entre os sistemas judicial e privado e também ampliar a ajuda internacional para combater a prática.

O guia foi produzido com apoio financeiro do governo da Grã-Bretanha, e é voltado para profissionais da Justiça penal e como suporte às iniciativas do Unodc.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud