Representante da ONU na Somália diz que país avança para estabilidade

16 outubro 2012

A conquista do ultimo bastião dos rebeldes Al-Shabaab no fim de Setembro mudou o curso do conflito e a segurança no país melhorou de forma significativa, disse Agustine Mahiga ao Conselho de Segurança.

João Rosário, da Rádio ONU em Lisboa.

O representante especial do Secretário-Geral da ONU para a Somália, Augustine Mahiga, informou o Conselho de Segurança que o país africano se encontra no processo de constituição do primeiro governo depois do período transitório.

Em declarações, nesta terça-feira, Mahiga afirmou que a situação de segurança melhorou de forma significativa. Para ele, a queda de Kismaayo, o último bastião do grupo rebelde Al-Shabaab, no fim de Setembro, alterou decisivamente o conflito.

Estabilização

O representante contou que a nova administração que se encontra na capital, Mogadíscio, deve avançar com rapidez para estabilizar as regiões recém libertadas.

O desafio imediato é estabelecer as administrações locais e distritais, a justiça e o estado de direito, bem como providenciar serviços às populações.

Ajuda humanitária 

De acordo com o representante especial para a Somália, logo após terminarem as operações militares as atividades civis instalaram-se para estabelecerem a administração local e levar a ajuda humanitária bem como serviços relacionados com o desenvolvimento.

No que toca às questões humanitárias, Augustine Mahiga informou a situação mantém-se difícil apesar dos avanços políticos e na segurança Mahiga apelou à comunidade internacional para alargar e apoiar a assistência à Somália.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud