Acnur pede à Europa que conceda asilo e proteção a refugiados da Síria
BR

16 outubro 2012

Cerca de 16,5 mil sírios já solicitaram entrada em países da União Europeia nos últimos 18 meses; os países mais procurados são Alemanha, Suécia e Suíça. 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas estão pedindo a Europa que abra as portas para receber refugiados da violência na Síria. O pedido foi feito pelo Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur.

Segundo a agência, quase 16,5 mil sírios solicitaram visto de entrada em países da União Europeia. A maioria das solicitações foi feita à Alemanha, seguida da Suécia e da Suíça. Há pedidos ainda para a Grã-Bretanha, a Áustria e a Bélgica, entre outros.

Esperança

O Acnur quer que as nações que demonstrem sensibilidade com a situação dos sírios, e que evitem casos de repatriação forçada.  Um porta-voz do Acnur, Adrian Edwards, disse que alguns países devem acolher os sírios na esperança de que o conflito termine, e que os refugiados possam retornar à casa.

Mesmo assim Edwards contou que em alguns países da fronteira leste da União Europeia, os níveis de rejeição dos pedidos ultrapassam a taxa de 50%.

Até o momento, quase 350 mil sírios fugiram para os países vizinhos. Na Turquia, por exemplo, eles estão sendo levados a acampamentos temporários e vivendo em casas de famílias turcas.

O porta-voz do Acnur lembrou que a Europa tem um compromisso com leis de asilo e acolhimento, e que a aceitação dos sírios é uma oportunidade de colocar estes princípios em prática.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud