Atriz Naomi Watts advoga combate ao HIV em Moçambique

8 outubro 2012

País é cenário de produção sobre a princesa Diana; embaixadora da Boa Vontade do Onusida promete encorajar parceiros do resposta ao HIV/Sida a redobrar esforços em outros países altamente afetados.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Embaixadora da Boa Vontade do Programa Conjunto da ONU sobre o HIV/Sida, Onusida, Naomi Watts, prometeu advogar o aumento do acesso à prevenção e à qualidade e tratamento para mulheres e crianças moçambicanas.

No país, a atriz anglo-australiana  vai representar o papel da princesa Diana no filme Caught in a Flight, inspirado no livro da escritora Tina Brow intitulado “Crónicas de Diana.” As filmagens também serão feitas na Croácia e na Inglaterra.

Prevalência

O foco dos contactos entre Watts e as várias entidades, em Moçambique, será a necessidade de “redobrar dos esforços para apoiar tanto o país como as outras 21 nações mais afetadas.”

Moçambique tem uma taxa de prevalência que ronda os 11,5% em adultos. Em 2008, 98 mil mulheres careciam de tratamento para evitar a transmissão do vírus para os bebés.

Slogan

Para Watts, reduzir a zero o número de infeções “não de trata de um sonho ou de um slogan mas de uma realidade factível.”

Em finais de Setembro, a atriz participou no Fórum de Mulheres Líderes em Nova Iorque, juntamente com empresárias e várias primeiras damas com vista a reduzir a zero o número de infeções com o vírus que pode provocar a Sida.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud