Sampaio diz que vai descansar após deixar Aliança das Civilizações
BR

8 outubro 2012

Ex-presidente de Portugal e líder da entidade, nos últimos cinco anos, afirmou que em seu primeiro dia de folga “irá passear a pé pelas ruas de Lisboa.”                                         

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Após deixar a liderança da Aliança das Civilizações, em fevereiro, o ex-presidente de Portugal, Jorge Sampaio, pretende dedicar algum tempo ao descanso.

Na chefia da entidade, desde a criação do grupo, há cinco anos, Sampaio viajou com a ONU a dezenas de países levando a mensagem de entendimento e consenso entre povos e culturas do Ocidente e do Oriente.

Transferência

Em fevereiro, ele fará a transferência do cargo ao ex-embaixador do Catar e ex-presidente da Assembleia Geral, Nassir Abulaziz al-Nasser. Nesta entrevista à Rádio ONU, Jorge Sampaio contou o que irá fazer em seus primeiros dias de folga no próximo ano.

“Estes cinco anos, devo dizer que foram de uma intensa atividade. Confesso que já chega de aviões constantemente. Mas continuo a bater-me por aqueles princípios pelos quais sempre bati: direitos do homem, tolerância. A mensagem da Aliança ficará sempre também como uma mensagem pessoal. Estarei disponível, mas não quero cargos. Responsabilidades já tive muitas. Como presidente, como antigo presidente da Câmara de Lisboa, como deputado, e agora quero ser cidadão com liberdade. Garanto-lhe que andarei a passear pelas ruas a pé, mais nada, nada.”

Espanha e Turquia

A Aliança das Civilizações foi criada pelos Governos da Espanha e da Turquia para promover mais conhecimento e diálogo entre diferentes culturas e povos.

O grupo é atualmente gerido pelas Nações Unidas e mantém iniciativas com entidades religiososas, comunidades, organizações de mídia e agremiações de jovens no mundo árabe e nos países ocidentais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud