Após dois meses estável, preço dos alimentos subiu 1,4% em setembro
BR

4 outubro 2012

Segundo a FAO, alta reflete alta nos valores da carne, leite e derivados; estimativas confirmam queda na produção de cereais neste ano.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 O índice do preço dos alimentos subiu 1,4% em setembro, na comparação com o mês de agosto. Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, a alta ocorreu após dois meses de estabilidade.

A FAO informou nesta quinta-feira que o custo dos cereais também subiu 1% no mês passado. A agência explica que os ganhos nos valores do trigo e do arroz compensaram a queda do preço do milho.

Leite e Carne

 Já o preço da carne aumentou 2% e o do leite e derivados, 7% em relação a agosto. Segundo a FAO, a demanda mundial por produtos lácteos continua alta, aliada aos custos crescentes da alimentação.

Por outro lado, os valores do açúcar e do óleo foram menores em setembro. A FAO estima ainda uma queda na produção global de cereais neste ano, mas recorde nas colheitas em países de baixa renda.

Segurança Alimentar

A agência da ONU prevê redução nos estoques mundiais de cereal em 2013, já que a produção está sendo afetada pela seca nos Estados Unidos, Europa e Ásia Central.

A FAO destacou que a segurança alimentar continua sendo uma preocupação no Chifre da África, na Síria e no Iêmen, onde metade da população precisa de comida.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud