Relator da ONU destaca papel das universidades para o direito à alimentação
BR

3 outubro 2012

Segundo Olivier de Schutter, pesquisadores e instituições acadêmicas podem ajudar na promoção do desenvolvimento rural e promoção agrícola.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.* 

O relator especial das Nações Unidas sobre o Direito à Alimentação destacou que universidades e pesquisadores têm um papel importante para a proteção do tema.

Olivier de Schutter afirmou que existem três grandes desafios para o direito à alimentação, e que por isso são necessárias mais pesquisas multidisciplinares e com apoio de juristas.

Grande Escala

Ele enumerou o direito à alimentação na negociação de tratados de comércio e investimentos, os vínculos desses direitos à soberania alimentar e a adoção de uma forma de regular os investimentos em grande escala em terras cultiváveis.

Mais de 20 universidades latino-americanas e caribenhas participaram do encontro do Observatório de Direito à Alimentação.

O objetivo é analisar a situação da fome sob prismas nacionais e as políticas públicas de combate ao problema.

O Observatório, lançado na Colômbia em 2011, é formado por uma rede de instituições acadêmicas de toda a região e da qual participam faculdades de direito e centros de estudos jurídicos.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud