Com população jovem, Somália deve investir em capacitação e treinamento
BR

28 setembro 2012

Recomendação foi feita em relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, divulgado nesta sexta-feira; mais de sete em cada 10 somalis têm menos de 30 anos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*.

Um relatório das Nações Unidas recomenda que a Somália invista em treinamento e capacitação de sua população.

Segundo o documento, “Relatório de Desenvolvimento Humano na Somália 2012: Capacitar os Jovens para a Paz e Desenvolvimento”, mais de sete em cada 10 somalis estão abaixo dos 30 anos de idade. 

Fertilidade

Para a agência da ONU, a capacitação irá estimular também o crescimento econômico e político do país, que passou mais de 20 anos sem um governo funcional. A pesquisa propõe ainda que meninas e mulheres sejam beneficiadas pelas iniciativas de capacitação.

De acordo com especialistas, a população deve manter-se jovem por causa do ritmo de crescimento e as altas taxas de fertilidade que são de 6,2 nascimentos por mulher até 2015.

As entrevistas foram baseadas nas histórias de mais de 3 mil famílias.  Segundo os jovens, ouvidos pelas pesquisas, haverá mais oportunidades de um emprego decente caso eles tenham mais acesso à  educação de qualidade.

Nas últimas semanas, a Somália adotou  a nova Constituição provisória e estabeleceu um Parlamento que elegeu o presidente da República.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud