Relator faz apelo por medidas para valorizar indígenas na Namíbia

28 setembro 2012

Após visitar o país, perito sobre os Direitos dos Povos Indígenas pede maior inclusão dos nativos na tomada de decisões e nas oportunidades a nível da educação.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O relator especial das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas, James Anaya, pediu que sejam implementadas políticas que valorizem “as várias identidades e práticas de povos indígenas na Namíbia.”

Num informe divulgado esta sexta-feira, em Genebra, o perito pediu uma maior inclusão dos nativos na tomada de decisões, nas oportunidades educacionais e o reconhecimento das autoridades que os representem.

Arranjos

O documento foi elaborado após uma visita de Anaya aos povos San, que formam uma população de até 38 mil pessoas.

O perito disse ter tomado nota de arranjos inovadores que permitiram aumentar o seu controlo sobre a gestão de áreas da terra e obter “alguns benefícios substanciais.”

Entretanto, o especialista refere que os nativos carecem de promoção da sua capacidade de sobrevivência como povos no aspeto cultural e na sua relação com a terras, com as autoridades, e com as línguas tradicionais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud