Empresas brasileiras aderem à parceria do Pnud para redução da pobreza
BR

26 setembro 2012

Itaú Unibanco e Sorridents participam do compromisso “Negócios Chamam à Ação”; com outras companhias da Zâmbia, Japão e Dinamarca, meta é melhorar a vida de 34 milhões de pessoas.

Denise Costa, da Rádio ONU em Nova York.*

Duas empresas do Brasil acabam de aderir à iniciativa “Negócios Chamam à Ação”, que tem o apoio do Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud.

O Itaú Unibanco e a Sorridents assinaram, ao lado de diversas companhias do Japão, Filipinas, Quênia e Dinamarca, um compromisso para reduzir a pobreza de 34 milhões de pessoas.

Inovação

A iniciativa busca promover o desenvolvimento social e sustentável por meio da geração de novos lucros.

Segundo o Pnud, “com parcerias inovadoras e investimentos direcionados”, o setor privado pode contribuir com as necessidades das comunidades carentes.

Os planos das empresas incluem o fornecimento, a preços acessíveis, de energia renovável e capacitação de micro empresários com acesso ao crédito e ao treinamento. A ideia é fornecer meios de subsistência estáveis e aumento de rendimentos.

Mais de 150 líderes de empresas, governos e sociedade civil se reuniram nesta terça, em Nova York para discutir o papel que as empresas podem desempenhar para acelerar o alcance das Metas de Desenvolvimento do Milênio.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud