Governo britânico notifica OMS sobre doença respiratória parecida à Sars
BR

24 setembro 2012

Em 2002, síndrome de insuficiência respiratória aguda, Sars, matou centenas de pessoas, a maioria na Ásia; nova infecção foi confirmada num homem de 49 anos num hospital de Londres.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Grã-Bretanha informou à Organização Mundial da Saúde, OMS, sobre um  nova infecção respiratória que provoca falência renal, diagnosticada em um um homem de 49 anos.

Os médicos confirmaram que o caso é o de uma nova variante do coronavírus.

Paciente

Segundo as autoridades britânicas, o paciente que havia viajado à Arábia Saudita e ao Catar, foi transferido do Catar para um hospital de Londres.

A doença assemelha-se à síndrome de insuficiência respiratória aguda, Sars, que matou centenas de pessoas em 2003, a maioria na Ásia.

Este já é o segundo caso da nova doença notificado à OMS. O primeiro foi o de um paciente na Arábia Saudita que não resistiu e morreu, no início deste ano.

Saúde Pública

De acordo com relatos médicos, o homem internado atualmente em Londres começou a passar mal no início do mês. Poucos dias depois, ele foi levado à UTI de um hospital do Catar até ser transferido para a Inglaterra.

O coronavírus abrange uma série de vírus encontrados geralmente em resfriados e Sars. A OMS ainda está investigando os casos para saber se terão mais implicações para a saúde pública.

A agência da ONU informou que, com base nesses dois casos, não há justificativa para imposição de restrição de viagens ao Oriente Médio.

A Sars, que foi contida em 2003, afetou 30 países. Os sintomas são os de um forte resfriado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud