Cultivo de coca na Bolívia cai 12%, afirma Unodc
BR

18 setembro 2012

Após três anos de altos índices de plantação da folha, agência da ONU comemora tendência positiva; levantamento foi feito em parceria com governo do país.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Uma pesquisa, divulgada pelo Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, revela que o cultivo de coca na Bolívia diminuiu 12% no ano passado. O levantamento foi feito em conjunto com o governo do país.

Segundo o Unodc, a área de plantação da folha de coca, matéria prima para a produção de cocaína, atingiu mais de 27 mil hectares em 2011. A queda marca o fim de três anos consecutivos de altos índices do cultivo da planta.

Cochabamba

O governo boliviano acabou com mais de 10 mil hectares de plantações de coca, 28% a mais das áreas erradicadas há dois anos.

O Unodc afirma que imagens de satélite e sobrevoos de avião revelaram queda na produção de coca em várias áreas do país, como em Cochabamba, na região norte de La Paz e em alguns parques nacionais.

Alternativas

O Unodc lembra que os agricultores precisam de alternativas viáveis para o combate a longo prazo do cultivo ilícito.

O mercado da folha de coca rendeu US$ 353 milhões, ou mais de R$ 716 milhões, no ano passado. O total representa 1,5% do Produto Interno Bruto da Bolívia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud