Pnud apoia capacitação de mulheres para a política no Quénia

17 setembro 2012

Projeto quer aumentar a percentagem feminina em cargos de liderança no país; segundo ONU, mulheres têm menos de 10% dos cargos políticos da nação.

Camilo Malheiros Freire, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Um projeto apoiado pelas Nações Unidas está a preparar mulheres de áreas rurais do Quénia para a política, com vista a aumentar a percentagem feminina em cargos de liderança no país.

Na iniciativa participa o Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud, que  está a  cargo da administração da ONG “Amkeni Wakenya,” cujo nome, em kiswahili, significa “desperta Quénia!”.

Workshop

Atualmentea, mais de 350 mulheres de sete áreas rurais já foram treinadas em vários workshops. Nas sessões é abordada a Constituição e o sistema político nacional além de questões sobre liderança, comunicação e  financiamento de campanhas políticas.

Das participantes, 70 já se candidataram a diversos cargos a nível regional e nacional e estão a trabalhar nas suas respectivas campanhas para as próximas eleições no país, que vão acontecer em Março de 2013.

Segundo a Pnud, o Quénia ainda tem um longo caminho a percorrer, visto que as mulheres têm menos de 10% dos cargos políticos da nação. Em comparação, Uganda tem 35%, a África do Sul com 42%, e o Ruanda com 56%.

*Apresentação: Eleutério Guevane

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud