ONU repudia violência a missões diplomáticas no Oriente Médio
BR

17 setembro 2012

Em comunicado separados, o presidente da Assembleia Geral e o Conselho de Segurança afirmaram que os diplomatas estão nos países também para promover melhor entendimento entre povos e culturas.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

As Nações Unidas condenaram, com veemência, os ataques a missões diplomáticas no Oriente Médio.

Segundo agências de notícias, nesta segunda-feira, milhares de pessoas saíram às ruas em países muçulmanos para protestar contra a produção de um filme, nos Estados Unidos, considerado ofensivo a Maomé.

Símbolos Religiosos

Na semana passada, quatro diplomatas americanos, incluindo o embaixador do Consulado dos Estados Unidos, em Bengazi, na Líbia, foram assassinados, durante protestos.

Em comunicados separados, o presidente da Assembleia Geral, Nassir Abdulaziz Al-Nasser, repudiou a violência e pediu o fim do que chamou de “atos irresponsáveis e insultos contra religiões e símbolos religiosos.”

Melhor Entendimento

Ele reafirmou ainda a importância da intensificação de diálogos e entendimento entre civilizações e religiões.

Na tarde de sexta-feira, o Conselho de Segurança também emitiu uma nota condenado a violência contra diplomatas em vários países, registrados entre 13 e 14 de setembro.

O órgão lembrou que o corpo diplomático trabalha também para promover melhor entendimento entre nações e culturas.

O Conselho pediu a todos os países que protejam as missões diplomáticas pelo mundo.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud