Pedro Pires destaca capacidade de mudança dos jovens em eleições africanas

7 setembro 2012

Ex-presidente cabo-verdiano foi chefe de observadores da União Africana nas eleições angolanas; fatores como motivação e engajamento com a democracia também foram destacados numa entrevista à Rádio ONU.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A  grande participação de jovens no decurso de processos eleitorais africanos pode "mudar tudo", afirmou o antigo presidente cabo-verdiano Pedro Pires.

Após ter sido incumbido de chefiar a equipa de observadores da União Africana nas eleições angolanas, ocorridas em finais de Agosto, Pires contou à Rádio ONU, da Cidade da Praia, o seu testemunho da participação juvenil no processo.

Democracia

"Jovens têm formação, conhecem as leis e, mais do que isso, conhecem as novas tecnologias. De modo que isso facilita a sua presença. O importante aqui é que esses jovens estão motivados e engajados com o país, com o processo eleitoral e com o desenvolvimento da democracia nesses países, isso é de se saudar", apontou.

A participação feminina nas mesas de voto mereceu também a atenção do ex-líder, que defendeu ter ficado impressionado com a utilização da tecnologia para apoiar o processo eleitoral angolano.

Tecnologias

"Geralmente, em todas as assembleias de voto havia jovens e estudantes, com quem falei, que serviam-se das novas Tecnologias de Informação e de Comunicação. Todos tinham o seu Ipad e, a partir daí, davam indicações e orientavam os eleitores para as mesas em que iriam votar e nas assembleias de voto prestando assistência", explicou.

Pedro Pires realçou ainda a necessidade de antigos líderes do continente contribuirem para restaurar a confiança nos processos democráticos nacionais e do continente.

Actualmente, Pedro Pires dirige um projeto que pesquisa memórias de combatentes e atores políticos que intervieram na independência de Cabo Verde.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud