Urbanização sem regras preocupa ONU-Habitat

5 setembro 2012

Avisos aos países em desenvolvimento foram lançados no Fórum sobre Urbanismo, na Itália, com receios sobre as consequências da construção civil desregulada para as populações e para o ambiente.

João Rosário, da Rádio ONU em Lisboa.

As Nações Unidas apelaram, esta terça-feira, aos países em desenvolvimento para que assegurem políticas nacionais de ordenamento de modo a não serem esmagados pela construção imobiliária.

Em declarações na abertura do 6º Fórum Mundial sobre Urbanismo, em Nápoles, na Itália, o director-executivo da ONU-Habitat, Joan Clos, comparou a construção imobiliária a um “tsunami” por causa do seu crescimento que pode ultrapassar a capacidade de gestão das cidades.

Perigos

Joan Clos disse que «o que se observa hoje é um enorme processo de urbanização no sul que vai de mãos dadas com o desenvolvimento.” Segundo ele, não se pode ter um sem o outro. O director-geral afirmou que o “problema é que a arquitectura institucional não acompanha o andamento da urbanização.”

O líder da ONU-Habitat acrescentou que “sem uma antecipação à medida, a construção pode resultar numa confusão e tentar corrigir o problema depois é muito caro”.

O Fórum Mundial sobre Urbanismo foi criado pela ONU para estudar uma das mais prementes questões que o planeta enfrenta: a rápida urbanização e os seus impactos nas populações, cidades, economias, nas mudanças climáticas e nas políticas.

O evento em Nápoles deve reunir 3 mil participantes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud