Ban quer solução negociada e diplomática em torno do programa nuclear do Irão

31 agosto 2012

Secretário-Geral lamenta que o país ainda não tenha chegado a acordo com Aiea e reafirma pedido em prol de medidas para construir a confiança internacional.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral das Nações Unidas defendeu que somente uma solução negociada e diplomática pode solucionar a questão sobre programa nuclear iraniano.

Numa nota, publicada esta sexta-feira, Ban Ki-moon, lamenta a falta de acordo entre o Irão e a Agência Internacional de Energia Atómica, Aiea, sobre o programa.

Fordo

De acordo com agências noticiosas, um relatório periódico da agência da ONU sugere que o Irão “teria duplicado” a capacidade de produção de uma das suas centrais nucleares, a instalação de Fordo.

Por seu turno, Teerão defende que as suas atividades atómicas não têm fins militares, mas são exclusivamente para produção de energia no país.

Ban Ki-moon lançou um apelo às autoridades iranianas no sentido de tomarem medidas para construir a confiança internacional sobre a natureza pacífica do programa, tal como tinha referido durante o Encontro do Movimento dos Países Não-Alinhados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud