OIT diz que Espanha pode se beneficiar com criação de empregos verdes
BR

17 agosto 2012

Relatório, patrocinado pela agência, mostra que maior desafio é aplicar as políticas corretas para geração dos postos de trabalho na área. 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Internacional do Trabalho, OIT, afirmou que a Espanha pode atrair crescimento econômico com a criação de empregos verdes.

Num relatório, divulgado nesta sexta-feira, a agência informa que a Espanha tem uma taxa de 50% de desemprego entre jovens.

Recessão

Atualmente, existem de 400 a 500 mil postos de trabalho verdes no país. O número equivale a cerca de 2% do índice total de desemprego espanhol.

A economia verde, por sua vez, representa uma contribuição de 2,4% no Produto Interno Bruto, PIB. Um valor de € 25 bilhões por ano, equivalentes a mais de R$ 62 bilhões.

Para a OIT, com assistência técnica, a Espanha terá condições de gerar empregos verdes e vencer a recessão que afetou o país.

Um estudo do Observatório de Sustentabilidade da Espanha e da Fundação Biodiversidade  revela que mais de 1 milhão de postos podem ser criados até 2020.

De acordo com a Comissão Europeia, o crescimento de emprego na indústria ecológica foi de 2,7%, em média, durante 2000 e 2008, contra 1% da economia total.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud