No Brasil, chefe da Unrwa terá encontros com diáspora palestina
BR

10 agosto 2012

Comissário-geral Filippo Grandi chega na segunda-feira e se reúne com o ministro das Relações Exteriores; esta será a primeira visita oficial de um representante da agência ao país.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O comissário-geral da Agência da ONU para Refugiados Palestinos, Unrwa, inicia na segunda-feira sua primeira visita oficial ao Brasil. Filippo Grandi estará reunido com o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota e outros oficiais do governo.

Em Porto Alegre, o chefe da Unrwa vai conhecer membros da comunidade palestina. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, ele tem encontros com os setores público e privado.

Agradecimento

Filippo Grandi disse que a viagem será uma oportunidade para “agradecer o governo e o povo brasileiro, que têm sido tão generosos em apoiar a Unrwa e os 5 milhões de palestinos refugiados pelo Oriente Médio.”

A contribuição do Brasil para a agência aumentou de menos de US$ 1 milhão para US$ 7,5 milhões por ano, fazendo com que o país seja o líder na América Latina em doações para a Unwra.

Educação e Saúde

Com 20 mil professores, a agência tem mais de 700 escolas no Oriente Médio para o ensino de milhões de crianças palestinas, além de oferecer serviços de saúde e ajuda humanitária.

Filippo Grandi acrescentou que “a história e expansão geográfica da Unrwa tornam a agência um parceiro único ao Brasil.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud