Unicef e OMS lançam campanha sobre amamentação BR

Unicef e OMS lançam campanha sobre amamentação

Em países mais pobres, somente 36% dos bebês com menos de seis meses são amamentados no seio materno; Semana Mundial da Amamentação termina nesta terça.

Camilo Malheiros Freire, da Rádio ONU em Nova York.*

Duas agências da ONU estão lançando uma campanha para conscientizar o público sobre os benefícios do leite materno. A iniciativa é do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef e da Organização Mundial da Saúde, OMS.

O diretor Executivo do Unicef, Anthony Lake, lembrou que a alimentação exclusiva com leite materno durante os seis primeiros meses de vida pode diminuir em 13% a taxa de mortalidade em menores de cinco anos.

Nutrição

Segundo Lake, bebês que são amamentados “estão melhor alimentados, não importa se estão no Uganda, Inglaterra, China ou Canadá.”

Mas embora os níveis de amamentação tenham crescido nos países em desenvolvimento, milhões de crianças ainda não recebem o leite materno.

Comunicação

A comunicação será o tema da campanha de conscientização do Unicef e da OMS. Segundo a médica da OMS,  Flavia Bustreo, a comunicação é importante porque, embora o ato de amamentar seja natural, ele é também um hábito aprendido e adquirido.

A Semana Mundial de Amamentação termina nesta terça-feira.

*Apresentação: Leda Letra.