Em memória às vítimas de Hiroshima, Ban pede fim de armas nucleares
BR

6 agosto 2012

Bomba atingiu cidade japonesa em 6 de agosto de 1945, matando milhares de pessoas; Secretário-Geral declara que o ataque nuclear jamais deve se repetir.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 O Secretário-Geral da ONU declarou, nesta segunda-feira que não deve haver nunca mais outro ataque nuclear. A mensagem de Ban Ki-moon foi lida em uma cerimônia no Memorial da Paz, em Hiroshima.

Em 6 de agosto de 1945, a cidade japonesa foi atingida por uma bomba nuclear americana. A catástrofe deixou milhares de mortos, em um dos episódios mais marcantes da II Guerra Mundial.

Proteção

Ban Ki-moon lembrou que eliminar armas nucleares é a maneira mais eficaz de prevenir seu uso no futuro. Para o Secretário-Geral, essas armas “não têm lugar legítimo no mundo” e “sua eliminação é moralmente correta e necessária para proteger a humanidade.”

Ban fez um apelo em memória às vítimas e aos hibakusha, como ficaram conhecidos os sobreviventes dos ataques de Hiroshima e Nagasaki.

Website

Ele pediu a todos que continuem o “nobre trabalho a favor de um mundo livre de armas nucleares.”

O Secretário-Geral também anunciou que a ONU acaba de lançar um site multimídia com depoimentos dos hibakusha.

Na opinião de Ban, é muito importante que as palavras deles sejam entendidas em todos os países, especialmente pelas gerações mais jovens.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud