Governos podem economizar até 75% ao adotar pagamentos eletrônicos
BR

2 agosto 2012

Programa Bolsa Família é citado em estimativa do Banco Mundial; transferência eletrônica de salários e benefícios sociais pode reduzir gastos administrativos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 Governos de países em desenvolvimento poderiam economizar até 75% dos gastos administrativos se adotassem sistemas de pagamento eletrônico.

A estimativa do Banco Mundial é baseada na redução de custo alcançada pelo Brasil com o programa Bolsa Família.

 Solução

O órgão lança nesta quinta-feira um guia para ajudar governos a modernizar os pagamentos de salários, aposentadorias e benefícios sociais.

Segundo o Banco Mundial, apenas “25% dos países de baixa renda processam transferências de dinheiro de forma eletrônica.”

Com isso, governos usam quase todos os seus recursos, já limitados, e gastam mais do que o necessário no pagamento de benefícios e salários.

Recomendações

Meios eletrônicos seriam a solução, a exemplo dos cortes de gastos do governo brasileiro com o Bolsa Família.

O Banco Mundial destaca que pagamentos direto do governo à pessoa, conhecidos como G2P, podem expandir a inclusão financeira de milhões sem acesso bancário.

O órgão recomenda aos governos uma gestão eficiente dos recursos públicos; a garantia de sistemas seguros para os pagamentos e esforços para que os sistemas nacionais promovam a inclusão financeira.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud