Produção global de minério de ferro bateu recorde em 2011, diz relatório
BR

1 agosto 2012

Dados da Unctad confirmam sinais de recuperação da indústria siderúrgica com 1,92 bilhão de toneladas; Brasil é um dos países onde a produção aumentou.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

A indústria siderúrgica está comemorando a recuperação do setor, que apresentou os melhores resultados desde a crise financeira de 2009.

Segundo um relatório das Nações Unidas, a produção global de minério de ferro registrou um recorde no ano passado. A boa performance inclui o aumento das exportações no Brasil, na China e na Austrália, considerados os maiores produtores de minério.

Parceria

No documento, “O Mercado de Minério de Ferro 2011-2013”, publicado pela Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, a quantidade global, produzida no ano passado, foi de 1,9 bilhão de toneladas.

Segundo o relatório, compilado em parceria com o grupo sueco “Raw Materials”, o número representa um aumento de 4,7% se comparado ao mesmo período de 2010.

Apesar de aumentar na maioria das regiões, a produção de minério de ferro caiu na Europa e na Índia.

Dificuldades

O recorde foi alcançado graças aos países em desenvolvimento que totalizam quase a metade das exportações.

Para 2013, as estimativas são de uma produção global de mais de 2 bilhões de toneladas.

Mas o relatório também alerta para a incerteza sobre os preços e uma queda na concentração corporativa que pode levar a dificuldades nos próximos anos.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud