Ban quer maior compromisso das nações ricas com os objetivos da Rio +20
BR

31 julho 2012

Secretário-Geral defende benefícios para o meio ambiente e a causa do desenvolvimento sustentável, em parceria entre ONU e G-20.

[caption id="attachment_216861" align="alignleft" width="350" caption="Ban Ki-moon"]

Camilo Malheiros Freire, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, sugere um alinhamento da agenda de trabalho dos países do G-20 com  o documento final da Conferência sobre o Desenvolvimento Sustentável.

O anúncio formal será feito nesta terça-feira, na Assembleia Geral em Nova York. Para Ban, os dois encontros internacionais foram benéficos  para o meio ambiente e para o desenvolvimento sustentável.

Aproximação

O Secretário-Geral defende que a aproximação dos dois projetos é bem-vinda e deve beneficiar objetivos comuns dos participantes.  Ele disse que sempre acreditou que a ONU e o G-20 “podem e devem trabalhar em apoio mútuo.”

Ban Ki-moon afirmou ter pedido ao grupo das maiores economias desenvolvidas e em desenvolvimento, para tornar prioridade máxima a segurança alimentar, o que ajudaria o Desafio Fome Zero, lançado durante a Rio +20.

Painel de Alto Nível

Por outro lado, o Secretário-Geral acredita que outras iniciativas conferência realizada no Rio de Janeiro, como o crescimento verde, são de interesse das nações do G-20.

Em maio, Ban anunciou um painel de alto nível que será liderado pelos presidentes da Indonésia, Susilo Bambang, e da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, ao lado do  primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud