Clip: Téte António

27 julho 2012

O representante permanente da União Africana junto da ONU, defende que nenhuma das partes deve ser excluída do processo para estabilizar a Guiné-Bissau, para o qual insiste que haja maior diálogo.

No contacto com a Rádio ONU, após consultas sobre o país no Conselho de Segurança, Téte António manifesta otimismo com a deslocação do novo representante da UA para a Guiné-Bissau.

Entretanto, o diplomata pede empenho internacional para a restauração da ordem constitucional no país, que há cerca de quatro meses sofreu um golpe militar.

Acompanhe a conversa com Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud