Em Srebrenica, Ban pede que mundo evite massacre similar na Síria

26 julho 2012

Secretário-Geral prestou homenagem às vítimas do genocídio no fim da visita à região; discurso final realça dinamismo, resistência e compromisso das populações.

[caption id="attachment_220472" align="alignleft" width="350" caption="Ban Ki-moon"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU alertou o mundo a aprender com as lições do massacre de Srebrenica para que cesse o que chamou “derramamento de sangue na Síria.”

Nesta quinta-feira, Ban Ki-moon prestou homenagem às vítimas do genocídio ocorrido em 1995 na região da Bósnia-Herzegovina, no final da sua deslocação à Europa do Leste.

Julgados

No genocídio de Srebrenica morreram mais de 8 mil bósnio-muçulmanos, alegadamente sob o comando do antigo líder Radovan Karadzic e o general Ratko Mladic. Ambos estão a ser julgados pelo Tribunal Penal Internacional.

Para Ban, a comunidade internacional falhou em proteger às vítimas num momento em que mais precisavam de apoio.

Crise

O Secretário-Geral alertou para o que chamou falta de capacidade plena dos países em proteger os civis, tendo chamado a atenção para a crise na Síria, onde morreram mais de 10 mil pessoas, a maioria civis, deste o início dos protestos contra o Presidente Bashar al-Assad, em Março do ano passado.

Ban disse não desejar que, depois de 20 anos, nenhum dos seus sucessores visite a Síria desculpando-se pelo que não vem sendo feito atualmente com vista a proteger civis.

Um apelo foi lançado às autoridades para que trabalhem por uma maior abertura no diálogo, na justiça e na confiança com base na partilha da língua, espaço cultural e histórico.

Além dos contactos com funcionário governamentais, Ban fez uma corrida simbólica no Estádio Olímpico de Sarajevo, que acolheu as Olímpíadas de Inverno de 1984.

Sérvia e Kosovo

Referindo-se à Sérvia e ao Kosovo, Ban Ki-moon instou os líderes a melhorar o seu relacionamento, tendo pedido que seja conciliado e reduzido o nível de tensões.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud