Modelo Alek Wek quer investir em jovens no Sudão do Sul

26 julho 2012

Durante uma recente visita à terra sua terra natal, a top model radicada nos Estados Unidos prometeu apoiar áreas da educação, saúde e agricultura do mais novo país africano.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A modelo e antiga refugiada sul-sudanesa, Alek Wek, reiterou o seu compromisso de ajudar a reconstruir o seu país, com destaque para os jovens.

As iniciativas devem abranger as áreas da educação, saúde e agricultura.Wek, agora radicada nos Estados Unidos, visitou recentemente a sua terra natal, indica o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur.

Moda

O talento de Wek revelou-se num parque de Londres quando um descobridor de modelos a tornou numa da primeiras africanas a desfilar nas passarelas dos mais importantes centros mundiais da moda. De origem Dinka,  a modelo fugiu para o Reino Unido ainda adolescente, em 1991.

Durante a sua deslocação de uma semana ao Sudão do Sul, Wek foi oradora principal na conferência do TEDx, um programa internacional desenhado para partilha de experiências individuais, comunitárias e organizacionais.

Retornados

O Acnur destaca também a visita de Wek a refugiados, além do contacto mantido com programas da agência que apoiam centenas de milhares de retornados.

A visita ocorre quando outras dezenas de milhares de sudaneses fogem do seu país para o Sudão do Sul, devido aos combates que ocorrem em áreas fronteiriças para se dirigirem a campos de refugiados sul-sudaneses em zonas remotas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud