Uso estratégico de medicamentos pode por fim às transmissões do HIV
BR

18 julho 2012

Afirmação é da OMS, que defende antirretrovirais para soropositivos que têm parceiros sem o vírus, mulheres grávidas e populações de alto risco; proposta será apresentada na Conferência Internacional de Aids.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, afirma que o “uso estratégico de antirretrovirais pode reduzir de forma significativa a transmissão do HIV”. Segundo a diretora-geral da agência, a cada ano, “mais de um milhão de pessoas em países de rendas baixa e média passam a tomar os medicamentos”.

Mas Margaret Chan informa que, para “cada pessoa que começa o tratamento, outras duas são infectadas”. Por isso, a OMS defende o uso de antirretrovirais para “mudar radicalmente esse quadro.”

Casais

A agência ressalta que ao tomar os medicamentos, cai a quantidade do vírus no corpo da pessoa, diminuindo as chances do HIV ser transmitido para outros.

Um estudo feito no ano passado, com o uso de antirretrovirais, mostrou queda de 96% na transmissão do vírus da aids entre casais onde apenas um dos parceiros era soropositivo.

Baseada nessas evidências, a estratégia da OMS inclui recomendações para o tratamento de pessoas com HIV que têm parceiros sem o vírus. Ruanda e Zâmbia são países que já implementam a nova política.

Gravidez

A Organização Mundial da Saúde indica ainda mudanças nas práticas de prevenção da transmissão do HIV de mães para filhos. A agência cita o Malaui, que já oferece o antirretroviral para todas as soropositivas grávidas.

A OMS também está revisando estudos recentes que apontam para benefícios na saúde quando os medicamentos são tomados antes que o sistema imunológico do paciente se torne mais fraco.

Outro alvo é proteger pessoas sem o HIV, mas que correm alto risco de serem infectadas. As propostas da OMS serão apresentadas na Conferência Internacional da Aids, que começa domingo em Washington.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud