Funcionária da ONU que sobreviveu a atentado vai carregar tocha olímpica
BR

13 julho 2012

Australiana, Bianca Kopp, estava na Casa das Nações Unidas em Abuja, na Nigéria, quando um carro-bomba matou 25 pessoas em 2011; ela vai levar a “chama da esperança”, neste domingo, pela cidade de Portsmouth, na Grã Bretanha.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

A tocha olímpica será carregada, neste domingo, por uma funcionária da ONU sobrevivente de um ato terrorista. Bianca Kopp vai levar a “chama da esperança” em trajeto na cidade costeira de Portsmouth, na Grã Bretanha.

Segundo Bianca, a ação será em memória aos colegas mortos no ataque contra a Casa das Nações Unidas em Abuja, na Nigéria. Em agosto do ano passado, 25 pessoas morreram durante a explosão de um carro-bomba.

Lembrança

Bianca Kopp, que trabalha para o Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, disse que vai carregar a tocha olímpica para “relembrar os colegas que perderam a vida de forma desnecessária.”

Ela fez ainda um apelo aos governos, ao lembrar que os funcionários das Nações Unidas “trabalham por um mundo melhor e pela promoção da paz e da unidade”.

Proteção

Bianca citou que muitos enfrentam situações difíceis e correm risco de vida, por isso, “precisam estar melhor protegidos.”

Mais de 8 mil pessoas terão carregado a tocha até a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, no próximo dia 27.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud