Helicópteros da ONU apoiam operações contra o M23 na RD Congo

13 julho 2012

Em declarações à imprensa, chefe da Missão das Nações Unidas no país indicou que  ação consiste vôos de vigilância e recolha de informação de várias fontes.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Helicópteros das Nações Unidas prestam assistência às operações contra as forças do grupo M23 na República Democrática do Congo, RD Congo. As declarações foram feitas à imprensa, nesta quinta-feira, pelo representante do Secretário-Geral no país, Roger Meece.

De acordo com a ONU, cerca de 220 mil civis já foram deslocados nas províncias do Kivu Norte e Kivu Sul, devido às ações do grupo formado por antigos soldados que se amotinaram em Abril.

Crianças

 O M23 é liderado pelo general Bosco Ntaganda, procurado pelo Tribunal Penal Internacional, por crimes contra a Humanidade e uso de crianças-soldado.

As ações dos helicópteros da Missão da ONU no país, Monusco,  estão “inseridas no contexto da procura dos meios possíveis para proteger a ameaça do avanços do M23 contra a população civil e centros populacionais.”

Vigilância

Roger Meece indicou ainda que a Monusco apoia em vôos de vigilância e recolhe informações disponíveis de várias fontes, incluindo mas não se limitando à cidade de Goma, o mais recente foco dos confrontos.

A ação é feita em estreita colaboração com o exército do país com o objetivo de “determinar as intenções e os movimentos de forças do M23 e tomar as medidas necessárias e corretivas.”

Acesso

Entretanto, agências humanitárias falam de dificuldades de acesso aos milhares de deslocados, que além de se refugiarem em outras áreas do país procuram refúgio no vizinho Uganda.

O Programa Mundial de Alimentação, PMA, indica que além de ser difícil ter autorização das forças em combate para o acesso, o desafio é ter a garantia de que as agências não serão prejudicadas no fogo cruzado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud