Solução de crise na Síria deve contar com a ajuda do Irã, diz Annan
BR

10 julho 2012

Após visita ao país, enviado especial da ONU e da Liga Árabe cita que Irã pode ter papel positivo para fim do conflito; Kofi Annan chegou ao Iraque nesta terça-feira.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O enviado especial da ONU e da Liga Árabe à Síria disse que o Irã deve ter um papel para uma solução da crise no país.

Kofi Annan fez a declaração, nesta terça-feira, na capital iraniana, Teerã, onde se encontrou com autoridades para abordar o impacto do conflito sírio na região.

Iraque

De acordo com o enviado especial, as autoridades iranianas podem participar de forma positiva no processo político da Síria. Annan indicou que trazer todas as partes ao diálogo integra o plano de seis pontos, que busca o fim da violência.

Após passar pelo Irã, Kofi Annan seguiu para o Iraque, para encontro com o primeiro-ministro Nouri al-Maliki. Na segunda-feira, o enviado esteve reunido em Damasco com o presidente da Síria, Bashar al-Assad, e abordou a necessidade e os meios para o fim das tensões no país.

Paz

Annan disse que o líder sírio reiteirou seu compromisso com o plano de paz e concordou com uma abordagem para o término da violência, que será compartilhada com a oposição armada.

As Nações Unidas estimam em mais de 10 mil o total de mortos na Síria, desde março de 2011, além de milhares de deslocados.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud