ONU elogia primeiras eleições na Líbia em quase 50 anos
BR

9 julho 2012

Em nota, Ban Ki-moon disse que muitos homens, mulheres, idosos e jovens foram às urnas, incluindo em áreas onde havia ameaça à segurança dos eleitores.

[caption id="attachment_219490" align="alignleft" width="350" caption="Civis na Síria"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas saudaram o povo da Líbia pela realização das primeiras eleições do país em quase meio século.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, declarou em nota esperar a conclusão do processo, que foi apoiado pela organização.

Risco

Ban lembrou que no ano passado, milhares de líbios “sacrificaram as próprias vidas para obter o direito de construir um novo país, fundado na dignidade humana e no Estado de direito.”

Ele notou que em algumas áreas, muitos eleitores sofreram risco, pois havia ameaças à segurança no dia da votação.

Para o líder das Nações Unidas, o processo transcorreu de forma pacífica. Ele disse que os cadidatos e as entidades políticas disputaram a corrida num espírito democrático.

Ban Ki-moon encerrou a nota afirmando que espera que os novos líderes do país árabe possam promover um espírito de inclusão e reconciliação entre todos os líbios.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud