Projeto do Pnuma leva lâmpadas LED às ruas de Nairobi

Projeto do Pnuma leva lâmpadas LED às ruas de Nairobi

Iniciativa, que conta com a parceria da Philips, utiliza energia solar e marca os 40 anos de aniversário do Programa da ONU para o Ambiente.

 

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Um novo projeto-piloto da empresa Philips e do Governo do Quénia está a instalar iluminação nas ruas de Nairobi, capital do país.

A iniciativa que usa tecnologia solar com as lâmpadas LED tem o potencial de gerar uma economia de até 100% de energia, caso seja implementada em todo o país.

Rio + 20

É o primeiro projeto-piloto na África Oriental. Segundo especialistas, as lâmpadas LED, à base de energia solar, são a tecnologia são a forma mais eficiente de iluminação.

O director-executivo do Pnuma, Achim Steiner, lembrou que a iniciativa é parte das decisões-chave da declaração final da Rio + 20, realizada no mês passado, no Rio de Janeiro.

Escuridão

O chefe da Autoridade de Estradas Urbanas do Quénia, Joseph Nkadayo, disse que por causa do medo da escuridão,  África perde muitas horas de produção.

O sistema de iluminação foi inaugurado em ruas próximas à sede da ONU em Nairobi, mas o objetivo é expandir o projeto a outras partes da capital queniana e também do país.