ONU propõe imposto internacional para financiar desenvolvimento BR

ONU propõe imposto internacional para financiar desenvolvimento

Meta é levantar US$ 400 bilhões por ano para combater desafios globais, como a mudança climática; novo relatório afirma que pela primeira vez em anos, muitos países doadores cortaram assistência em 2011.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas estão propondo um imposto internacional, combinado com outros mecanismos financeiros, para levantar mais de US$ 400 bilhões por ano, o equivalente a mais de US$ 800 bilhões. A quantia seria usada para o desenvolvimento e desafios globais, como o combate à mudança climática.

Na “Pesquisa Econômica e Social Mundial 2012”, lançada nesta quinta-feira, a ONU afirma que em meio à crise financeira, muitos países doadores cortaram a assistência ao desenvolvimento. Em termos reais, houve declínio na ajuda em 2011, pela primeira vez em vários anos.

Desafios

Para complementar a atual assistência internacional, o Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU traz sugestões para ampliar os mecanismos de ajuda.

De Brasília, o economista da Comissão Econômica para América Latina e Caribe, Carlos Mussi, comentou as propostas.

“O desafio é de conseguir colocar esses recursos para ações de cooperação e de desenvolvimento. Mas o maior desafio político será o de conseguir direcionar esses recursos para o desenvolvimento. O próprio estudo levanta que vai ser um exercício novo. Vai ser uma coordenação entre várias nações para arrecadarem esses recursos em seus países e colocarem à disposição para despesas fora deles.”

Carbono

Entre as propostas, está uma taxa de US$ 25 por tonelada de dióxido de carbono emitido por países desenvolvidos. A pesquisa aponta para um ganho de US$ 250 bilhões por ano com o imposto.

Outra sugestão é uma pequena taxa de 0,005 por cento sobre todas as transações comerciais feitas nas quatro maiores moedas: dólar, euro, iene e libras esterlinas. A ONU estima que a mudança pode gerar US$ 40 bilhões por ano para a cooperação internacional.

A ONU propõe ainda novos recursos para os sistemas de saúde nos países em desenvolvimento e também inovação no financiamento da luta contra a mudança climática. A pesquisa sugere como ponto de partida um acordo internacional para estabelecer o Fundo do Clima Verde.