Entrevista: Ismael Martins

29 junho 2012

Embaixador de Angola nas Nações Unidas e presidente dos trabalhos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, na organização, fala à Rádio ONU sobre a situação da Guiné-Bissau e o papel do bloco para resolver a questão.

Martins também comenta o crescimento da Cplp nos últimos 15 anos, e a importância estratégica do grupo em votações para órgãos importantes da ONU, como o Conselho de Segurança e o de Direitos Humanos.

Para o embaixador de Angola, por estarem em melhor situação econômica, seu país e o Brasil não devem arcar sozinhos com todos os custos da promoção do idioma. Segundo ele, a estratégia de internacionalização da língua portuguesa é uma tarefa com a qual as oito nações lusófonas podem contribuir.

Em 2008, Portugal anunciou um fundo de 30 milhões de euros para aumentar a presença do português no mundo.

Acompanhe a entrevista à Mônica Villela Grayley.

Tempo total: 18’51’’

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud