PMA distribui vales de alimentação para 40 mil refugiados sírios no Líbano
BR

29 junho 2012

Objetivo do programa é ajudar os que estão fugindo da violência política na Síria, até o final do ano; com cupons, eles podem comprar comida direto dos mercados locais.

[caption id="attachment_219109" align="alignleft" width="350" caption="Cupom de alimentação / Foto: PMA"]

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, começou a distribuir cupons alimentares para refugiados sírios que vivem no Líbano. A ação é parte da operação de emergência na região, em apoio à população da Síria que deixou o país por conta da violência.

Até o fim de julho, o PMA espera entregar cupons para 27 mil sírios e o número deve subir para 40 mil até o fim do ano. Segundo o programa, o sistema permite que os refugiados comprem comida dos mercados locais, ajudando assim a economia da região.

Apelo

O PMA também está ampliando a assistência a um total de 120 mil sírios que agora vivem no Iraque, Jordânia, Líbano e Turquia. O programa ressalta que acesso à comida é uma das principais prioridades dos refugiados.

Na quinta-feira, agências humanitárias da ONU fizeram um apelo de US$ 193 milhões, mais de R$ 386 milhões, para ajuda aos refugiados sírios.

Reunião

Neste sábado, as Nações Unidas realizam em Genebra uma reunião de emergência do Grupo de Ação para a Síria, liderado pelo enviado especial Kofi Annan.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse esperar que o encontro seja um “ponto de virada” nos esforços para resolver a crise no país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud