Uso de drogas tradicionais pode aumentar em nações em desenvolvimento

26 junho 2012

Estudo da ONU, lançado esta terça-feira, indica que evolução ocorre quando a nível  global, o consumo da cocaína, heroína e canábis apresenta estabilidade.

Camilo Malheiros Freire, da Rádio ONU em Nova Iorque. *

O uso de drogas ilícitas como a cocaína, heroína e canábis, deve aumentar em países em desenvolvimento, indica um estudo lançado esta terça-feira pelas Nações Unidas.

De acordo com o Relatório Mundial sobre Drogas 2012, a previsão da evolução ocorre quando o uso das chamadas drogas “tradicionais” esteja globalmente estável.

Produção e Consumo

O estudo, que também alertou para o aumento da produção e consumo de drogas sintéticas no mundo, foi lançado por ocasião do Dia Internacional contra o Abuso de Drogas e o Tráfico Ilícito.

Falando à Radio ONU, de Brasília, o representante do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes, Unodc, para o Brasil e o Cone Sul, Bo Mathiasen, comentou o aumento do uso de drogas sintéticas.

Drogas Sintéticas

“A tendência global é que o consumo de drogas sintéticas aumente. Anfetaminas são consumidas no mundo todo. Nos países asiáticos, as drogas sintéticas já são as drogas mais populares, as mais consumidas. A metanfetamina, porém, já é uma droga ilícita feita em laboratórios clandestinos”, realçou.

A Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, realizou um debate sobre o impacto das drogas e do crime no desenvolvimento para marcar o Dia.

A reunião discutiu formas de aumentar a cooperação da comunidade internacional no combate ao problema.

O Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon e o presidente da Assembleia Geral, Nassir Abdulaziz Al-Nasser, participam do encontro.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud