Fida destaca apoio britânico a 6 milhões de pequenos agricultores

25 junho 2012

África Subsaariana terá grande parte do investimento para garantir resistência às mudanças climáticas; pelo menos metade dos beneficiários serão mulheres.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O contributo do governo britânico para uma iniciativa em prol de uma melhor adaptação de agricultores de pequena escala foi enaltecido pelo Fundo Internacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento Agrícola, Fida.

O plano prevê o acesso de mais de 6 milhões de beneficiários a subsídios que lhes permitam criar maior resistência às mudanças climáticas. Grande parte do investimento será aplicado na África Subsaariana e cerca de metade dos receptores serão mulheres.

Acesso Equilibrado

Sem revelar montantes, o Fida explica que apoio às agricultoras tem mostrado resultados positivos na redução da pobreza. A agência cita estimativas apontando que a produção aumentaria entre 20% a 30%, com o acesso equilibrado de homens e mulheres aos recursos agrícolas.

As áreas a serem cobertas pelo Programa de Adaptação para a Agricultura de Pequena Escala, Asap, vão desde a assessoria para melhorar a gestão da água até ao investimento em culturas resistentes às cheias ou à seca.

Infraestruturas

Junto a governos, o projeto vai desenvolver atividades para melhorar infraestruturas de monitoria e de informação sobre o clima, consideradas essenciais para os agricultores.

Estimativas indicam que os países mais pobres do mundo podem perder metade das colheitas até 2030, como consequência da fraca queda de chuva.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud