ONU reage à falta de acordo sobre programa nuclear iraniano
BR

21 junho 2012

Secretário-Geral, Ban Ki-moon, lamenta resultado de negociações entre Irã e países do grupo E3+3; nova reunião deve ocorrer em julho.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU lamentou a falta de acordo sobre o programa nuclear do Irã. Ban Ki-moon se referia à reunião, concluída nesta terça-feira, entre o país e o grupo E3+3, formado pelos Estados Unidos, Grã-Bretanha, China, França, Rússia e Alemanha.

O porta-voz de Ban, Martin Nesirky, afirmou em Nova York nesta quinta, que o Secretário-Geral espera que as partes reforcem sua determinação para alcançar uma solução.

Novo Encontro

Segundo Martin Nesirky, Ban acredita em uma solução que possa restaurar a confiança internacional em um programa nuclear que possa ser considerado exclusivamente pacífico.

A última rodada de negociações entre o Irã e o grupo de seis países terminou sem acordo. A reunião foi em Moscou, na Rússia. As partes concordaram em realizar outra reunião no mês que vem, em Istambul, Turquia.

As autoridades iranianas defendem que as centrais do país conseguem enriquecer urânio até 20%, o que não seria suficiente para a construção de armas nucleares.

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, pede que o país assine “o mais rápido possível” um acordo que permita o acesso de peritos à central nuclear de Parchin.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud