Ban diz que mundo pode aprender com sucessos e fracassos do Brasil
BR

20 junho 2012

Em entrevista a jornalistas após abertura da Rio + 20, Secretário-Geral da ONU disse que realização do evento na cidade, 20 anos após a ECO 92, não é coincidência.

Mônica Villela Grayley, enviada especial da Rádio ONU no Rio de Janeiro.

O Secretário-Geral da ONU afirmou que o Brasil tem desafios que também são vividos por outros países. Para ele, o mundo pode aprender com a experiência brasileira.

Ban fez a declaração durante uma entrevista a jornalistas logo após a abertura da Rio + 20, nesta quarta-feira.

Prosperidade

Ban Ki-moon afirmou que o Brasil é uma economia emergente, um país que cresce com enormes recursos, longa extensão de terra e uma grande população. Ele disse que a Rio + 20 também é uma oportunidade para os líderes internacionais saírem inspirados e trabalharem pela prosperidade e bem comuns.

Encontro de Alto Nível

O Secretário-Geral da ONU ressaltou que o mundo pode aprender com que o Brasil tem feito incluindo sucessos e fracassos.

Durante sua entrevista, Ban saudou os jornalistas em língua portuguesa.

A abertura do encontro de alto nível da Rio + 20, nesta quarta-feira no Riocentro, contou ainda com a presença da presidente Dilma Rousseff.

Situação Global

“A expressiva liderança mundial que hoje acorre ao Rio de Janeiro, indica o compromisso dos Estados aqui representados, com a complexa e urgente agenda do desenvolvimento sustentável. Não tenho dúvidas que nós estaremos à altura dos desafios que a situação global nos impõe.”

A Rio + 20 é a maior conferência já organizada pelas Nações Unidas. Até sexta-feira, 50 mil pessoas devem passar pelo Riocentro incluindo mais de 120 chefes de Estado e governo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud