ONU faz apelo de US$ 1,6 bilhão para crise na África Ocidental
BR

19 junho 2012

Segundo Ocha, mais de 18 milhões de pessoas na região do Sahel precisam urgente de assistência; situação piorou neste ano por conta das secas e aumento no preço dos alimentos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O  Escritório de Assistência Humanitária da ONU, Ocha, fez um apelo de US$ 1,6 bilhão ou mais de R$ 3 bilhões, para resposta humanitária à crise na região africana do Sahel.

Segundo o Ocha, o custo do financiamento pedido pela ONU mais que dobrou em relação ao valor indicado no começo deste ano. O escritório destaca que as condições pioraram para 18,7 milhões de pessoas na África Ocidental.

Fatores

A situação está agravada pela combinação da seca, chuvas esporádicas, más colheitas, alta no preço dos alimentos, deslocamento e insegurança.

Os países que precisam de uma resposta humanitária urgente são Burkina Faso, Mali, Mauritânia, Chade, Níger, Camarões, Gâmbia, Nigéria e Senegal.

O Ocha indica ter atualmente cerca de 40% dos fundos necessários, o equivalente a US$ 650 milhões. Mas se a assistência não for alcançada, há uma preocupação de possível falha na transição de uma emergência aguda para a recuperação da região.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud