Rio+20: senso de urgência nas negociações do documento final
BR

15 junho 2012

Declaração é do chefe do Secretariado da conferência, Nikhil Seth; países entraram em consenso sobre 28% do texto.

Dianne Penn, enviada especial da Rádio ONU ao Rio de Janeiro.*

Um “senso de urgência” paira nos últimos dias de negociações sobre o documento final da Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável

A afirmação é do chefe do Secretariado da Rio+20, Nikhil Seth, que concedeu coletiva de imprensa nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Tempo

Representantes de governos estão reunidos na cidade, preparando o texto final, antes da chegada dos chefes de Estado.

Nikhil Seth afirma que “o pior inimigo” agora é o tempo.

O chefe do Secretariado da Rio+20 disse que existe um senso de urgência, mas que há um ar de otimismo e engajamento construtivo. Segundo Nikhil Seth, há um consenso sobre 28% do documento final.

Questões Sensíveis

Ele afirmou também que algumas questões sensíveis, como o fundo para financiar a economia verde e o fortalecimento do Pnuma só devem ser acordadas com os chefes de Estado, na semana que vem.

Os encontros de alto nível da Rio+20 vão acontecer entre 20 e 22 de junho, no Riocentro.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud