Apelo para a busca de 300 tunisinos desaparecidos no Mar Mediterrâneo

12 junho 2012

Relator da ONU pede que União Europeia considere questões que vão além do controle de fronteiras; bloco prepara acordo bilateral sobre Migração e Mobilidade com o país africano.

[caption id="attachment_196407" align="alignleft" width="350" caption="Direitos dos migrantes"]

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O relator especial das Nações Unidas sobre direitos humanos dos migrantes pediu que a União Europeia intensifique os esforços em busca de 300 tunisinos desaparecidos no Mediterrâneo.

François Crépau emitiu, esta terça-feira, uma nota a pedir todas as medidas necessárias para o resgate de migrantes em perigo.

Mobilidade

O especialista sugere à União Europeia que vá além da segurança e controlo de fronteiras na Parceria de Migração e Mobilidade com a Tunísia, ainda em fase de preparação.

François Crépeau recomenda que o acordo esteja concentrado no respeito, proteção e promoção dos direitos dos migrantes.

Canais de Migração

Segundo defende, a maioria das iniciativas do bloco europeu foca no controlo de fronteiras e não considera questões importantes, como a facilitação dos canais de migração regular.

A visita de François Crépeau à Tunísia, concluída na sexta-feira, fez parte de um estudo sobre a gestão das fronteiras da União Europeia.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud