Cerca de 250 mil haitianos podem contrair cólera este ano, segundo ONU
BR

11 junho 2012

Temporada de chuvas e furacões na região vai de junho a novembro; Ocha indica que apelo humanitário para país é o segundo menos financiado no mundo.

[caption id="attachment_209963" align="alignleft" width="350" caption="Foto: UN PHOTO"]

Camilo Malheiros Freire, da Rádio ONU em Nova York. *

Até 250 mil haitianos podem contrair o cólera durante a temporada de chuvas e furacões, que vai de junho a novembro, alertou a Organização Mundial da Saúde, OMS.

Chuvas fortes e enchentes podem contaminar as fontes d’água, e causar até 4 mil novos casos da doença, por semana. Ao mesmo tempo, recursos para o financiamento da prevenção e tratamento da enfermidade estão chegando ao fim.

Recursos

O apelo financeiro consolidado para o país é de US$ 230,5 milhões, ou quase R$ 470 milhões. Desta cifra, menos de 20% foram obtidos, o que o coloca em segundo lugar mundial em carência de recursos.

O Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, indica que esse montante deveria ser direcionado ao financiamento de setores essenciais, como saúde, água e saneamento.

O diretor de operações do Ocha, John Ging, disse ser “inaceitável” que muitos avanços alcançados no ano passado tenham sido perdidos devido à falta de recursos. Ele acrescentou que “tendo socorrido tantos haitianos após o terremoto, nos falta agora ajudá-los, urgentemente, a recontruir suas vidas”.

Prioridade

O Ocha cita relatos de trabalhadores humanitários, na capital Porto Príncipe, afirmando que a epidemia do cólera já infectou mais de 27 mil, e matou cerca de 200 haitianos apenas neste ano.

A ministra da saúde do país, Florence Duperval Guillaume disse que a prioridade mais urgente é a melhoria da condição de vida de centenas de milhares de pessoas, que não têm acesso à água potável ou saneamento básico. Segundo a ministra, esse é um passo essencial para o combate à epidemia.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud