Ban pede a países maior impulso em ações contra o terrorismo
BR

4 junho 2012

Em encontro na Arábia Saudita, Secretário-Geral destaca quatro pilares para prevenir “flagelo”; ele defende ainda promoção da cultura do diálogo.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU fez um apelo às nações para que impulsionem os esforços de combate ao terrorismo. Ban Ki-moon discursou, neste domingo, durante o encontro do Centro das Nações Unidas para a Luta Contra o Terrorismo.

Na reunião em Jedá, na Arábia Saudita, Ban destacou que “o terrorismo continua afetando todas as regiões do mundo”, mas segundo ele, o planeta “está lutando contra essa ameaça.”

Combate e Prevenção

O Secretário-Geral ressaltou que os países precisam focar em quatro áreas-chave de ação. O plano consiste do combate e prevenção das condições que levam ao terrorismo; na construção, pelos Estados, de capacidade para conter o flagelo e na garantia ao respeito pelos direitos humanos.

Para Ban Ki-moon, eliminar “o financiamento ao terrorismo é uma área crítica”.  Ele também defendeu a promoção da cultura do diálogo, da educação e de compromissos intercomunitários.

O Secretário-Geral pediu apoio às vítimas e suas famílias, que segundo ele, estão “entre as vozes mais podereosas” na luta contra ações terroristas.

O Centro das Nações Unidas para a Luta Contra o Terrorismo foi criado em 2010, com o apoio do governo da Arábia Saudita.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud