Sudão do Sul saúda anúncio de retirada de forças de Cartum de Abyei

29 maio 2012

Manutenção da segurança fica a cargo da Força Interina das Nações Unidas para a região  anúncio coincide com o início das conversações entre os dois países em Addis Abeba.

[caption id="attachment_216736" align="alignleft" width="350" caption="Foto: UN PHOTO"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O governo do Sudão do Sul saudou, esta terça-feira, o anúncio de retirada das tropas do Sudão da região de Abyei.

Com a medida, a  Força Interina das Nações Unidas para a Segurança de Abyei, Unifsa, fica encarregue da manutenção da segurança da área, rica em recursos naturais, disputada pelos dois países.

Negociações

O anúncio, dado por fontes oficiais sudanesas, coincide com o início das conversações entre os dois países na capital etíope, Addis Abeba. O processo é mediado por um Painel de Alto Nível da União Africana.

Durante uma conferência de imprensa, esta terça-feira, em Juba, o porta-voz do governo sul-sudanês, Barnaba Marial Benjamin, considerou a medida “um sinal de movimento do Sudão em direção à paz.”

Referendo

Um referendo para decidir o estatuto administrativo da região, que devia ter lugar em Julho do ano passado, foi adiado para uma data indefinida.

De acordo com a ONU, dezenas de milhares de civis foram deslocados após confrontos que se seguiram ao envio de forças do exército sudanês à região em Maio.

O Sudão do Sul diz esperar e que o cidadãos de Abyei, possam “desfrutar da paz”. Ainda não há clareza se a retirada das forças, prevista para esta terça-feira, já teria iniciado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud