Moçambique quer produtividade e investigação cobertos por fundo agrícola africano

24 maio 2012

Proposta é avançada pelo ministro da Planificação e Desenvolvimento reagindo à criação da iniciativa comum para o continente, apoiada pela FAO; 45 países de África já se comprometeram a eliminar a fome.

[caption id="attachment_209581" align="alignleft" width="350" caption="Foto: FAO"]

Manuel Matola, da Rádio ONU em Maputo.

O ministro moçambicano da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, apontou a produtividade e a investigação como prioritárias na aplicação do fundo comum de apoio à segurança alimentar em África.

A Organização da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO, garantiu apoio aos governos africanos na elaboração de uma proposta de criação do mecanismo para apoiar a segurança alimentar em África.

Segurança

Falando à Rádio ONU, em Maputo, Aiuba Cuereneia, elogiou a iniciativa.

“Um fundo destes é sempre bem-vindo. Aliás, a questão da segurança alimentar em África é uma preocupação não só para os africanos, mas para o mundo. Então, se nós temos um fundo desses que nos possa ajudar principalmente na área da agricultura, porque o grande problema neste momento na agricultura é uma questão de produtividade agrícola, superarmos esta questão de produtividade agrícola em termos de investigação, de disponibilização de sementes melhoradas, técnicas de produção, se este fundo nos ajudar nesse sentido é bem-vindo”.

A criação do fundo fiduciário para segurança alimentar foi aprovada numa conferência regional da FAO para a África, recentemente realizada em Brazzaville, capital da República do Congo.

Recursos Internacionais

A iniciativa visa ajudar a mobilização de recursos internacionais para combater a fome e desenvolver atividades de prevenção e resposta a crises alimentares e agrícolas no continente.

Os 45 países africanos participantes na reunião comprometeram-se a acabar com a fome no continente e a definir as áreas em que a FAO deve concentrar os seus trabalhos para apoiar o objetivo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud