Banco Mundial vai preparar adolescentes do Haiti para mercado de trabalho
BR

11 maio 2012

Mil jovens entre 17 e 20 anos vão participar da Iniciativa para Garotas Adolescentes; elas vão receber treinamento vocacional gratuito e verba para cobrir despesas com transporte.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Banco Mundial lançou, no Haiti, a Iniciativa para Garotas Adolescentes, para ajudar as jovens a ingressar no mercado de trabalho.

Mil adolescentes, entre 17 e 20 anos, vão receber treinamento vocacional, em áreas como ética, autoconfiança e conduta profissional.

Bairros Pobres

As participantes também vão ganhar uma verba para cobrir custos com transportes e outros gastos relacionados ao programa. Ao final do treinamento, será oferecida a oportunidade de estágio em empresas parceiras da iniciativa.

O curso vai acontecer em bairros pobres da capital haitiana, Porto Príncipe. 500 adolescentes serão treinadas neste ano e outras 500 em 2013.

Primeiro Emprego

Segundo o Banco Mundial, 70% da população do Haiti tem menos de 30 anos de idade. O órgão afirma ainda que as jovens mulheres pobres tem mais dificuldade em encontrar o primeiro emprego do que meninos com o mesmo nível educacional.

Para o enviado especial do Banco Mundial ao Haiti, Alexandre V. Abrantes, “o treinamento vocacional é fator chave para o desenvolvimento do capital humano” na ilha caribenha e “crucial para o crescimento do país nos próximos cinco anos.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud