Violência na Síria leva dezenas de famílias a se refugiar no norte do Iraque
BR

8 maio 2012

Grupo de 98 famílias chegou, recentemente, ao país vizinho; nesta terça-feira, enviado especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Kofi Annan, dá informe ao Conselho de Segurança sobre a violência no país.

[caption id="attachment_196713" align="alignleft" width="350" caption="Refugiados na Síria"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, anunciou, nesta terça-feira, que 98 famílias sírias fugiram para o norte do Iraque. Segundo agências de notícias, as pessoas estão fugindo por causa da continuação da violência na Síria.O apoio aos refugiados está sendo dado também pela Organização Internacional para Migrações, OIM, que fez a entrega de bens de primeira necessidade no acampamento de Domiz, no norte do Iraque.

 Metade

As famílias sírias receberam cobertores, filtros de água, fogões e botijões de gás no acampamento que está acolhendo mais da metade dos refugiados sírios. A maioria está sendo abrigada por outras famílias ou em mesquitas locais.

Mais de 9 mil pessoas morreram na Síria desde março de 2011 por causa da repressão a manifestantes contra o presidente Bashar al-Assad.

Nesta terça-feira, o Conselho de Segurança da ONU realizou uma reunião a portas fechadas na qual discursou, por videoconferência, o enviado especial à Síria, Kofi Annan.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud